Dia do leitor. Você conhece a origem desta data?

Veja exemplos inspiradores de apaixonados pela leitura

Que graça teria para um escritor criar livros se não existissem os leitores para apreciar as suas histórias? Pois hoje é o Dia do Leitor, data dedicada às pessoas que amam a literatura.

A celebração é uma homenagem à fundação do jornal cearense “O Povo”, criado em 7 de janeiro de 1928 pelo poeta e jornalista Demócrito Rocha. Nesse jornal, que ficou conhecido por combater a corrupção e divulgar fatos políticos, existia um suplemento chamado “Maracajá”, que se tornou um espaço de divulgação do movimento modernista literário cearense na época. Demócrito Rocha pertenceu à Academia Cearense de Letras, e morreu em Fortaleza no dia 29 de novembro de 1943.

Convite à reflexão

O Dia do Leitor é uma oportunidade para refletirmos se estamos dedicando tempo à leitura e também se estamos incentivando nas crianças o prazer da literatura. Professora de Educação Infantil no colégio Andrews, Fabiane Martins estimula a filha Amanda a viajar nesse universo. “A leitura é a fonte do prazer e do saber”, garante a educadora. Seu marido, Humberto, acrescenta que a leitura transporta ao passado e ao futuro. Ele diz que, em casa, apresenta gibis à filha. “É uma leitura de nosso tempo e que considero fácil e prática. Um bom começo”, sugere.

A fonoaudióloga Tatiana Porto conta que sempre encarou a leitura com prazer e não como uma obrigação escolar quando alguns livros eram impostos na grade curricular. “Cursei fonoaudiologia e esse hábito sedimentou muito do meu conhecimento teórico, mas também as reflexões para minha vida. Naturalmente, quem exerce a leitura desenvolve melhor as habilidades de comunicação, abrindo um leque de possibilidades ao escrever e ao falar em público”, diz.

Mãe de Ana Luiza, Tatiana destaca que incentivar esse hábito junto à filha significou, num primeiro momento, interagir com ela de forma lúdica, dando sentido a figuras e formas e assim fui vendo aos poucos a construção da linguagem acontecer.
“Hoje, ela com 5 anos, percebi que ao longo do caminho fomos além disso e reservamos esse momento para soltar a imaginação, nos aproxima, fortalece nossas afinidades, desperta a curiosidade dela e me ensina tanto…contribuindo como mais uma atividade do dia prazeirosa e divertida, aonde de uma certa forma conseguimos driblar a modernidade que nos distancia”, avalia.

Hábito da leitura no Brasil

Os números mostram que ainda há muito espaço para cativar novos leitores no país. Entre 2011 e 2015, a estimativa de brasileiros que consomem livros passou de 50% para 56%, totalizando 104,7 milhões de pessoas. A quantidade anual média de livros lidos por habitante passou de 4 para 4,96. Esses dados estão na última edição da pesquisa “Retratos da Leitura no Brasil”, de 2016 — realizada pelo Instituto Pró-Livro. A próxima edição será divulgada ainda em 2020.

Incentivo na infância

A escritora Isa Colli diz que é fundamental criar o hábito da leitura na infância. “Mesmo antes de ser alfabetizada, a criança já pode se familiarizar com os livros. Basta apresentar opções adequadas para cada idade. Bebês, por exemplo, curtem livros com muitas figuras, pouco texto, com texturas e sons. Na medida em que crescem, vão tomando gosto pelas histórias maiores”, afirma.

A leitura desenvolve a imaginação, estimula a memória e nos permite viagens a diferentes mundos e culturas. Livros também agregam conhecimento à vida de uma pessoa. Esse é o objetivo da escritora Nina Maria. Ela cria livros didáticos de inglês, com muitas histórias e personagens. E para se inspirar, tem que ler muito. “Leitura é parte do meu trabalho”, ressalta.

Para a professora aposentada Edi Ribeiro, o mundo se torna mais interessante e criativo através da leitura: “eu imagino cada parte do que estou lendo… colorido”.

Para Carlos Ribeiro, o livro abre um leque de possibilidades. “A leitura é o caminho mais curto para a liberdade”, garante.

E nada mais inspirador do que a dica do comerciante André Lema para encerrar essa reportagem: “A leitura engrandece a alma”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *