Bons motivos para criar uma criança leitora

O mundo se moderniza a cada dia, mas a leitura continua sendo a ferramenta mais poderosa de acesso ao conhecimento. Seja manuseando um livro ou pesquisando algo pela internet, não é possível dar um passo adiante se não temos a capacidade de analisar e interpretar corretamente as informações que nos cercam. E isso só acontece quando desenvolvemos o hábito da leitura.

Esse já seria o primeiro motivo para criar uma criança leitora. E vale ressaltar que esse hábito deve começar desde cedo. Durante a gravidez, a mãe já pode fazer leituras em voz alta para seu bebê. Depois que ele nasce, um mundo de possibilidades de apresenta. O ideal é manter a leitura em voz alta até que o neném possa manusear livros de pano, borracha, com texturas ou outros recursos que chamem a sua atenção.

Conforme a criança cresce, os pais ou responsáveis devem oferecer opções indicadas para cada faixa de idade.

Primeiro em casa e em seguida na escola, por meio da leitura diária ou da contação de histórias e, depois, da alfabetização, a literatura estimula diferentes habilidades nos pequenos.

Os livros ajudam no desenvolvimento da linguagem e aumentam o vocabulário, além de estimular a criatividade e a imaginação.

A literatura, quando apresentada de forma lúdica e até como opção de brincadeira, prepara a pessoa para ser um futuro leitor voraz.

Dicas para gostar de ler

1.
Estimule a criança a ler todo dia um pouco para que ela perceba a leitura como um momento de prazer.

2.
Não a obrigue a ler quando ela sinalizar que não quer naquele momento. Essa atitude pode criar na criança um efeito reverso: ela pode rejeitar os livros para confrontar os pais ou responsáveis.

3.
Escolha livros com temas que a criança goste, alternando com títulos que você considere importante ela aprender.

4.
Experimente fazer atividades de leitura ao ar livre, em meio a uma floresta ou num parque.

Convide os amiguinhos do seu filho para um piquenique, por exemplo, e proponha um momento de leitura ou uma contação de história.

5.
Leia em voz alta. Faça encenações. Proponha que fechem os olhos e imaginem os personagens das histórias, estimulando a criatividade.

6.
Organize atividades literárias. Faça roda de leitura, troca-troca de livros, lanche literário… viaje com os pequenos no mundo da imaginação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *