Alunos de São Cristóvão têm dia especial com escritora que lançou livro na Bienal do Rio

A autora Isa Colli vivenciou momentos de muita emoção nesta sexta (6), com as homenagens que recebeu dos alunos e educadores do Colégio Catorze de Novembro, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio. As crianças apresentaram a culminância dos projetos trabalhados com os livros “A gata Penélope”, “A nuvem Floquinho” , “Fazendinha” e “Vivene e Florine em o pirulito das abelhas”.

Já na entrada da escola, Isa foi recepcionada com muito carinho e criatividade. Recebeu uma cesta de palha vazia e, no caminho, como se ela fosse a Chapeuzinho Vermelho, os alunos foram enchendo a cesta com guloseimas, cartinhas, bilhetes, presentes e trabalhinhos.

Após a calorosa recepção, a escritora foi convidada a assistir a apresentação dos projetos realizados com seus livros.

Preservação da natureza, amizade e ética

O livro “O Pirulito das Abelhas” conta a história de Vivene e Florine, abelhas empreendedoras que resolveram fundar uma fábrica de doces no lugar em que vivem, a aldeia Moinho. A fábula ensina sobre trabalho em equipe, respeito ao outro e a importância de viver em harmonia com a natureza e os semelhantes. Aborda ainda a relevância de se inserir na educação dos filhos os valores do trabalho e dos estudos, ferramentas essenciais para o crescimento pessoal e coletivo.

Os alunos mostraram como desenvolveram os temas abordados na fábula. Eles reproduziram o moinho de delícias e todo o ambiente da aldeia das abelhas. Cenários que impressionaram Isa pela riqueza de detalhes, com árvores, flores, animais e até um lago. Também foram distribuídos pirulitos como os da história.

“Eles são muito criativos. É satisfatório ver que as minhas histórias são instrumento de transformação. As crianças vibram com as descobertas que fazem com cada tema. Trabalhar com educação é um desafio constante”, diz Isa.

Consciência ambiental 

Em “A fazendinha”, a temática de fundo é a sustentabilidade. O livro relata o passeio de um grupo de amigos a uma fazenda onde os alimentos são cultivados de forma sustentável, sem uso de agrotóxicos. As crianças da história compreendem o processo que envolve o cultivo e a comercialização de alimentos orgânicos e percebem a necessidade de o ser humano se manter em harmonia com a natureza.

Para explorar esse tema, os alunos prepararam cartazes com informações sobre alimentação saudável, como as frutas. E para retribuir a visita da autora, eles prepararam uma deliciosa salada de frutas.

Isa fez ainda uma sessão de autógrafos com os livros que a escola adota: além de “A Fazendinha” e “O pirulito das abelhas”, “A Nuvem Floquinho” e “A Gata Penélope”. No final, os alunos leram pequenas frases bíblicas.

“Foi uma tarde incrível. É gratificante ver o brilho no olhar dessas crianças. É uma troca: ensinamos e aprendemos. Essa parceria com meus leitores alimenta minha alma e renova minhas ideias”, disse.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *