O que são e como aplicar os temas transversais no dia a dia escolar

O que são e como aplicar os temas transversais no dia a dia escolar

jan 03 | Isa Colli

Não é segredo para os educadores que o Ministério da Educação (MEC) inseriu, por meio dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN’s), os temas transversais, independentemente da proposta pedagógica de cada instituição de ensino, com o objetivo de facilitar o acesso a uma educação de qualidade. O tema faz parte da estrutura da educação básica no Brasil.

Por estar relacionado com a vida pessoal, coletiva e com a afirmação do princípio da participação política na educação, os temas transversais devem ser realizados por meio de uma parceria entre a família e a escola para reforçar a prática educativa, a analogia entre aprender sobre a realidade e as questões da vida real sobre todos os aspectos. A família mostra um lado da educação afetiva e a escola enfoca uma visão mais ampla, juntando fragmentos do conhecimento, pois somente assim se apossará de uma cultura interdisciplinar.

Saiba quais são os temas transversais

A transversalidade e a interdisciplinaridade são modos de trabalhar de acordo com a faixa etária dos estudantes, dentro de um contexto educacional/social, temas como ética, saúde, direitos humanos e cidadania, sustentabilidade, meio ambiente, tecnologias digitais, culturas africanas e indígenas, orientação sexual, trabalho, consumo, pluralidade e cultura.

O trabalho deve estar presente na rotina escolar das instituições de todo o país e cada professor deve usar, além da criatividade, livros paradidáticos, para desenvolver projetos. Eles não precisam estar relacionados a nenhuma disciplina específica, porém, devem reavivar as potencialidades dos alunos estimulando-os a ampliar o olhar sobre diversas questões, sempre com respeito ao outro e tolerância às diferenças.

Interdisciplinaridade na prática 

A Editora Colli Books, que se destaca por um trabalho focado na Educação, propõe uma interação entre conhecimento racional e o conhecimento sensível, colocando no mercado títulos literários importantes para desafiar as competências do aluno, que não trabalha sozinho. A atividade deve ser construída e desenvolvida em grupo e monitorada pelo professor, garantindo, assim, o aprimoramento de cada aluno. 

Estudos já mostraram que o trabalho interdisciplinar está relacionado a cinco princípios importantes: humildade, desapego, respeito, espera e coerência. Humildade ante a limitação do próprio saber, perplexidade ante a possibilidade de desvendar novos saberes – reconhecer limitações e ter coragem para superá-las; Espera é tempo de escuta desapegada (ante os atos não consumados); Respeito por si e pelas pessoas; Coerência entre o que digo e o que faço; e Desapego das certezas, buscando no compartilhamento com o outro novas possibilidades do agir e do pensar. (FAZENDA, 2002)

É nesse quesito que os livros da Colli Books se encaixam, tratando de problemas sociais e outras questões atuais. A editora escolhe temas que permitem ao estudante ampliar os conhecimentos em diversas áreas, ajudando-o a desenvolver um olhar mais sensível ao que acontece ao seu redor. O aprendizado não está apenas na matemática, na física ou na química, mas também no conhecimento que se adquire em diversas situações ao longo da vida instigando o aluno a enxergar além do conteúdo dado em sala de aula.

Conheça livros da Colli Books que trabalham a interdisciplinaridade 

O livro, inspirado no bairro do Brás, em São Paulo, narra a história da imigração, principalmente do Oriente Médio, e ainda aborda a culinária dos países árabes.

O texto possibilidade trabalhar com os alunos a importância de se valorizar as origens e buscar conhecimento sobre história e formação dos povos. O livro pode despertar a curiosidade não só pela gastronomia árabe, mas pela alimentação saudável. A relação de amizade entre os protagonistas – o senhor Brás e o menino Zezinho – pode ser mostrada como exemplo de que é preciso respeitar os mais velhos. O enredo também permitir trabalhar o valor dos estudos, do trabalho e do empreendedorismo. 

Pássaro de seda” passa às crianças lições de empreendedorismo. A história mostra as aventuras de Fábio, um menino que mora na fazenda e adora confeccionar e soltar pipas. O garoto cria versões tão lindas, que fazem sucesso na vizinhança. Ele decide, então, vendê-las para a criançada, com a supervisão do seu pai. O garoto descobre nas pipas uma oportunidade de ganhar o seu próprio dinheiro.

A história ensina ainda sobre trabalho em equipe, respeito ao outro e a importância de viver em harmonia com a natureza e os semelhantes. Aborda também a relevância de se inserir na educação dos filhos os valores do trabalho, da honestidade e dos estudos, ferramentas essenciais para o crescimento pessoal e coletivo.  

O livro mostra os riscos do desmatamento, por meio da saga das abelhinhas Vivene e Florine.  Através da mensagem da história, é possível trabalhar desmatamento, riscos de escassez de recursos devido às queimadas, rios que secam, a destruição de habitats e a consequente extinção de espécies vegetais e animais, além de ações de reflorestamento. 

O livro também permite trabalhar a importância das abelhas para o equilíbrio do ecossistema e para os seres humanos. São elas que fazem o serviço de polinização de 85% das plantas de importância para a nossa alimentação.

Nesta história, os alunos podem aprender com os bichos como agir diante de situações de depredações e falta de cuidado com o meio ambiente. O livro mostra a importância da ecologia, da amizade e do trabalho em grupo. 

É possível trabalhar os riscos da poluição e do acúmulo de lixo, mostrando a importância da reciclagem e que a preservação ambiental é fundamental para haver equilíbrio entre homens e natureza.

Como parte do projeto Água é Vida, o livro “A Nuvem Floquinho” mostra que a água é o combustível que movimenta o motor de todos os seres vivos e deve ser cuidada com amor e carinho. Devemos seguir o exemplo de Floquinho que, diante dos desperdícios de água no planeta e da poluição das reservas naturais, adotou medidas essenciais para a sobrevivência da Terra. 

Nesta história, é possível trabalhar o despertar do interesse pela preservação ambiental, mostrar importância da economia de água e alertar sobre os perigos da poluição para toda a humanidade.

A Fazendinha conta a história de Valentina, menininha muito esperta que ama as plantas e os animais. Em uma emocionante viagem à Fazenda do Senhor Zecão, diversão e aprendizado caminham juntos quando essa garotinha curiosa e seus amiguinhos experimentam as maravilhas da vida no campo. 

Com a história, é possível mostrar aos alunos a importância dos alimentos orgânicos e também explorar os conceitos de Meio Ambiente, Ética, Pluralidade Cultural e Saúde explicando o que é zona rural, suas características e relevância para a vida. Outra possibilidade é debater os riscos do uso indiscriminado de agrotóxicos. 

Luke também possibilita trabalhar o tema da alimentação saudável e da importante de manter o corpo em movimento. O livro conta a aventura de um macaco preocupado com a boa alimentação e que pratica atividades físicas diariamente. Temendo a obesidade, ele decide convencer as pessoas e os animais a mudar de vida. De maneira lúdica, a história mostra que as comidas gordurosas, frituras, alimentos processados e tantas outras guloseimas devem ser ingeridas com cautela porque podem provocar muitas doenças.

http://www.collibooks.com

Compartilhe:

Cadastre seu e-mail para receber novidades !

Português

Português

Português

Português

Português

English

Français


Português

English

Français

Português

English

Français

Português

English

Français