Até que idade manter a fantasia de Papai Noel?

É época de músicas natalinas, correria nas lojas, espera pela chegada dos parentes e amigos, preparação para viagens e troca de presentes. Tempo de muita alegria e encontros.
Mais do que isso, é tempo do bom velhinho na rua, nos shoppings e nos lares. Mas há uma dúvida que ainda inquieta muitas famílias. Incentivar nas crianças a crença na fantasia de Papai Noel é saudável para o desenvolvimento?
Os especialistas dizem que incentivar a crença no Papai Noel e em outras fantasias é saudável, e importante para o desenvolvimento cognitivo dos pequenos. Os pais devem então dar asas à imaginação dos filhos, para que na idade certa vivam num mundo de sonhos e fantasia.
Isso porque o bom velhinho é uma das recordações mais belas e marcantes da infância. “E o que fica registrado em nosso inconsciente não é só a figura do entregador de presentes, pois o Papai Noel representa muito mais do que isso. O velhinho barbudo e simpático é o valor da família, da fraternidade e da bondade. E é também o respeito ao idoso”, defende Rosana Zanella, psicóloga e professora do Instituto Sedes Sapientiae e da FMU (Faculdades Metropolitanas Unidas), de São Paulo.

Há outros simbolismos na figura do Papai Noel. Um deles é de que vamos encontrar bons velhinhos, o que renova a esperança de dias melhores. Outra coisa importante é que a fantasia aumenta a criatividade a ajuda no desenvolvimento da linguagem, reforça Rosana.
Deixar a fantasia para trás deve acontecer de forma natural. É a partir dos sete anos que as crianças começam a desconfiar que Papai Noel não existe. Então a família não precisa se esforçar para abreviar esse tempo. E vale um conselho de especialistas: a criança vai percebendo aos poucos que o bom velhinho não existe, mas até terem certeza, há um tempo para que a fantasia seja desfeita sem traumas. E tudo vai acontecer de acordo com o amadurecimento dos pequenos.
Mas um conselho aos pais: a fantasia estimula a criatividade e a imaginação. Mas se os filhos deixarem de acreditar, os pais não devem insistir. Que seja eterna enquanto dure.

SKOOB 

Facebook 

Fonte:
http://claudia.abril.com.br/sua-vida/ate-quando-a-crianca-deve-acreditar-em-papai-noel/
http://educarparacrescer.abril.com.br/comportamento/papai-noel-611584.shtml
http://delas.ig.com.br/filhos/2012-11-23/crianca-deve-acreditar-em-papai-noel.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *