Temos que ensinar as crianças a ter o hábito da leitura desde a pré-escola

“Aprender a ler significa aprender a ler o mundo, e a função do educador não seria precisamente a de ensinar a ler, mas a de criar condições para o educando realizar a sua própria aprendizagem, conforme seus próprios interesses, necessidades, fantasias, seguido as dúvidas e exigências que a realidade lhe apresenta”. (MARTINS, 1999, p.34).

Partindo do pressuposto que a leitura significa ler o mundo, o educando será incentivado a conhecer seu espaço, a sociedade em que está inserido, fará experimentações sociais, para compreender a importância da leitura para a vida individual, social e cultural.

A leitura em nossa sociedade tem uma função primordial de proporcionar conhecimentos básicos que contribuam para construção e formação integral do aluno em sociedade e para o exercício pleno da cidadania.

“A leitura do mundo precede a leitura da palavra”, Paulo Freire na obra intitulada “A Importância do Ato de Ler” (1988).

É importante que o professor escolha materiais sejam significativos para o aluno, pois só assim desenvolverá o seu interesse em ler textos diferenciados do seu cotidiano. É importante uma aula prazerosa para prática de leitura, em um ambiente onde haja diversidade de textos e gêneros literários, deixando o aluno a vontade para fazer sua escolha para a leitura.

“Ensinar as crianças a ler no seu próprio dialeto é fundamental para formar bons leitores”. (CAGLIARE, 2003, p.154).

A leitura é fundamental não apenas na formação do aluno, mas também na formação do cidadão, e essa considerável parcela no cumprimento dessa tarefa recai sobre a escola, que tem o objetivo de ensinar e educar para a sociedade.

“A leitura suscita a necessidade de familiarizar-se com o mundo, enriquecer as próprias ideias e tem experiências intelectuais, o resultado é a formação de uma filosofia da vida, compreensão do mundo que nos rodeia”. (BAMBERGUR, 2002, p.32).

Desse modo a leitura é uma experiência que adquirimos no decorrer de nossa vida, e cabe a escola dar subsídios para esse desenvolvimento, contribuindo para a formação de cidadãos críticos, capaz de compreender as características sociais, culturais e naturais do qual está inserido.

Para tanto, cabe a escola a função de oferecer aos alunos um trabalho de leitura, a fim de que eles, sistematicamente, aprendam a ler todos os gêneros que estão presentes na sociedade em que vive, e aprenda que leitor é aquele que analisa e compreende as ideias dos autores.

Enfim, temos que ensinar todas as crianças a ter o hábito da leitura desde a pré-escola, para que no futuro desenvolva esse hábito com prazer e não por uma obrigação.

A leitura é um ato emancipatório, humanizado, transformador. É de suma importância o contato dos alunos com todos os tipos de texto. Mas, a literatura é a porta de entrada para o mundo. É a maneira como se consegue ver o mundo. É a mesma linguagem da criança, por isso ela se identifica tanto. A literatura estimula a criança a pensar, a ver o mundo, ajuda a se conhecer porque o momento em que ela se identifica com os personagens, vive toda a história na perspectiva da personagem. […]. Paim (2000, p.104)

Solé (1998, p.72) formar leitores autônomos também significa formar leitores capazes de aprender a partir dos textos. Para isso, quem lê deve ser capaz de interrogar-se sobre sua própria compreensão, estabelecer relações entre o que lê e o que faz parte do seu acervo pessoal, questionar seu conhecimento e modificá-lo […].

 

BAMBERGUER, Richard – Como incentivar o hábito de leitura, ática, 7º edição. São Paaulo,2002.

CAGLIARE, Luiz Carlos – Alfabetização & Linguística: 10º ed. São Paulo. Editora Scipione,2003. MARTINS, Maria Helena – o que é leitura – São Paulo, Brasiliense, 1999.

Paim (2000,p.104)

FREIRE, P. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. 15. ed. São Paulo: Cortez / Autores Associados, 1989

FERREIRO, E.; TEBEROSKY, A. Psicogênese da língua escrita. Tradução de Diana Myriam Liechtenstein et al. Porto Alegre: Artes Médicas, 1986.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *