Tales produces emotions and balance the feelings of children

 

scientifically proven, a literatura infantil produz emoções e equilibra os sentimentos das crianças. In child psyche imagination and fantasy can be released by the literary contact (written, hearing or reading), they are constitutive of creative activity of children on reality. It is the imaginary supplying the real.

One of the features of the tales is exposed directly and concisely an existential problem. This allows the child of a simple way to face the problem immediately, without resorting to plots difficult to understand.

Nos contos as situações são simples, as personagens são claras e os pormenores são eliminados. O bem e o mal aparecem sob a forma de personagens e das suas ações e a criança regozija-se ao ver punidos os maus e alegra-se ao perceber que mesmo os fracos podem triunfar.

Os contos transmitem à criança, de variadas formas, a ideia de que a luta contra graves dificuldades da vida é inevitável, que faz parte do ser humano e das sociedades. Que se o homem não se furtar a elas e as enfrentar com coragem e determinação acabará por vencê-las.

O mais importante é que o conto garanta um final feliz, assim, a criança não terá receio em se deixar envolver pela história, porque aconteça o que acontecer, tudo terminará bem.

A criança deve seguir os seus instintos e descobrir por ela mesma as relações entre o conto e os temores do seu inconsciente. Aos adultos cabe o papel de lhes contar as histórias, mas nunca o de lhes transmitir a sua própria interpretação.

Provavelmente, nas primeiras vezes que a história é contada a criança não aprende todo o seu significado. Com o tempo ela interiorizará a essência da história e fará a sua interpretação.