Você incentiva o seu filho falar sobre as suas dificuldades escolares?

Você incentiva o seu filho falar sobre as suas dificuldades escolares?

jan 17 | Isa Colli

Toda criança tem capacidade de aprendizagem. Desde bebês elas o fazem com brincadeiras e observando o ambiente em que vivem. Na medida em que crescem e através da sua própria experimentação, vão absorvendo conhecimento como verdadeiras esponjas.

O aprendizado deve ser algo divertido e emocionante para os pequenos. E é na escola que devem viver novas experiências que lhes deem a oportunidade de exercitar o domínio de certas habilidades e conhecimentos que lhe sirvam para o futuro. Mas, como saber se a criança necessita de uma atenção individualizada? Como ajudá-la?

 

Crianças que necessitam de reforço escolar

Pode haver momentos durante o período de aprendizagem onde as crianças deixem de se organizar bem, que se distraiam com mais facilidade e prestem menos atenção às aulas. Ou momentos em que deixem de fazer os deveres com medo de se equivocarem e até por estarem vivendo momentos de conflitos pessoais.

Será que esse é o momento de buscar profissionais para um dar um reforço escolar ? Existem vários fatores que nos indicam a necessidade de apoio na escola.

 Fator escolar. Deve-se levar em conta que as crianças aprendem em diferentes ritmos e de diferentes maneiras. O tempo de aprendizagem de um não é igual a outro, e, portanto, muitos alunos necessitam de um tempo adicional para dominar certas habilidades de aprendizagem.

 Fator pessoal. As crianças podem ter problemas de tipo sensorial como ver ou escutar mal ou problemas na fala.

 Fator social. O nível sociocultural da família, deficiências afetivo-emocionais, problemas de separação dos pais, etc.

Quando existe algum tipo de déficit derivado desses fatores ou uma combinação deles que afete o aprendizado da criança, é necessário usar métodos especiais para que o pequeno possa alcançar os objetivos traçados. E o apoio oferecido para a integração escolar dessas crianças com dificuldades de aprendizagem pode ser temporal ou permanente.

 

Como ajudar crianças com necessidades de reforço escolar

É muito importante que a família e os professores estejam atentos à evolução da aprendizagem da criança para poder detectar de maneira precoce se existe algum tipo de problema e poder agir sobre ele se for necessário, para não prejudicar a correta aquisição e consolidação dos conhecimentos que se adquirem na infância.

Às vezes o infante só necessita de um professor particular ou uma banca como reforço. Outras vezes, se for necessário, existem equipes multidisciplinares nas escolas compostas por psicólogos, psicopedagogos, fonoaudiólogos ou médicos, entre outros tipos de profissionais que ajudam a determinar as necessidades, aptidões e o acompanhamento da criança.

Compartilhe:

Cadastre seu e-mail para receber novidades !